Pesquisas e Expedições na Antártica

 

Quando o Tratado Antártico foi celebrado, em 1959, estabeleceu-se que a região ao sul do paralelo 60º S poderia ser usada apenas para fins pacíficos e com liberdade para a realização de pesquisa científica e promoção da cooperação internacional do continente.

O Tratado, que proíbe qualquer atividade de natureza militar, entrou em vigor em 1961, ratificado por 12 países, incluindo o Brasil. Atualmente são 47 os países signatários (28 membros consultivos e 19 não consultivos).

Hoje, cerca de 27 nações possuem estações de pesquisa estabelecidas na Antártica.

Mais: Mapa das Bases Científicas e Proteção ao Meio Ambiente.

 

 

Links: Antártica

Programa Antártico Brasileiro - MCT

Centro Polar e Climático da UFRGS

Antártica, INPE - Projeto de Meteorologia

Antarctica.org (inglês e francês)

Antarctica Online (inglês)

Antarctic Heritage Trust (inglês)

Estação Mcmurdo dos EUA

Antarpply, expedições turísticas

Fundación Marambio Antártida Argentina

 

 

Acima, pesquisador na Estação McMurdo, a maior comunidade de pessoas da Antártica. Fundada em 1956, na Ilha de Ross.

Embaixo, passageiros usam cores vivas para não se perderem em meio ao gelo. A bandeira marca o local de desembarque para os barcos infláveis.

 

 

Antártica

Mapas

Fauna

Fotos

Aurora

 

Estação Comandante Ferraz, do Brasil, há mais de 20 anos na Baía do Almirantado, Antártica (foto: Ana Nascimento/ABr).

 

Mapa Antártica

 

Continente Antartica

 

Estação de pesquisa da Argentina, na Antártica.

 

 

Estação de Pesquisa

 

Pesquisador
Bases Cientificas

 

Fauna Antartica

Copyright © Guia Geográfico - Pesquisa e Expedições na Antártica, Antarctica, Antártida.

 

Estação de Pesquisa

Base Cientifica Brasil

 

Aurora

 

 

O continente gelado da Antártica.  

Imagem gráfica elaborada pela NASA.

 

Pesquisa

 

Pesquisas e Expedições na Antártica